Infelizmente esse site têm suporte para resolução de pequenos dispositivos. Pedimos desculpas e sugerimos que acesse através de um notebook ou computador.

Da Lua, Do Dia… Da Noite! – Poesia

 

Claro que a lua é bela!

Mas só o é por causa da noite.

Esta é que propicia

a glamorosa beleza  da bola branca.

Escura noite – negra luz que chamam treva.

 

Claro que a lua é bela!

Mas faz sumir-se ante o dia

mais que branco, transparente,

e que não quer, um, concorrente

a tolher-lhe a luminosa importância.

 

Claro que a lua é bela!

E sua beleza, rouba-lhe o dia.

E sua beleza, exalta-lhe a noite.

E eu que gosto do dia; que gosto da lua

confesso-me da noite um ferrenho amante – um apaixonado!

 

 

Deixe seu comentário

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>