Declaração

[Originalmente publicado em inglês em “Lucifer: a Kenneth Anger Kompendium” na revista Cinema, no Reino Unido, em 1969. Traduzido por Eduardo Liron]

Esclareçamos os mal entendidos Eu sempre considerei os filmes como malignos; o dia que o cinema foi inventado foi um dia negro para a humanidade. Séculos antes da fotografia haviam talismãs, que realmente anteciparam as fotografias, uma vez que as colorações usadas sobre o velino barato produzia padrões enquanto esmaeciam sob a luz. Um talismã era como um papel pega-mosca que tentava aprisionar um espírito — astutamente se imprimia nele a “fotografia” do demônio que você queria capturar. A fotografia é uma tentativa flagrante de se roubar uma alma. O corpo astral sempre está apenas latente em uma pessoa, mas certos fotógrafos astutos e habilidosos são capazes de captar a imagem do corpo astral. Tudo se resume em possuir a imagem de alguém para poder controlá-la. Mas se você está louco de amor, isso se torna compreensível. Qualquer crime se justifica em nome do amor. De fato, não tem de ser um “crime”: qualquer coisa se justifica em nome do amor. Meus filmes se preocupam, antes de tudo, com a sexualidade nas pessoas. As razões para eu fazer filmes nada têm a ver com “cinema”; ele é só uma desculpa evidente para capturar pessoas, quase como numa cantada do tipo “não quer subir em casa para ver minhas gravuras”[1]… mas isto está se perdendo agora … Então eu me considero fomentando o Mal em um meio maligno.   Kenneth Anger, 1969   [1] N.T.: O original em inglês “Come up & see my etchings” é uma expressão idiomática sem correlato evidente em português, por isso optamos por uma tradução um pouco mais explicativa.

AGRESTE, ou Agrupamento de Estudos Excêntricos, é um rincão virtual para intervenções e instalações de movimentos e pulsões marginais (Precarizadxs, Terroristas, Extrañxs, Messias, Negradas, etc.). No Blog da Zagaia, o periódico AGRESTE mantém uma coluna de traduções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *