Té Cavaquinho É Tambor! – Poesia

  Paletada do cavaco é toque. Samba rasgado, de caboclo ou cabula… E congo – congo de ouro.   Marcação também, destaco. Todo samba é batucado. Se preciso, olhe a bula para instrução de calouro:   “Todo batuque é mandinga.  Té samba gospel é macumba.  Não adianta careta!    Tem a síncopa, tem ginga.  E a curimba retumba  no percutir da paleta.”    

Selito SD: sambista, compositor e pesquisador ligado ao Movimento Cultural Projeto Nosso Samba de Osasco, Geógrafo pela USP, um dos editores desta revista e integrante do Coletivo Zagaia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *