Tempo

  Hoje Choro a vaidade ferida Os dias passaram e eu fiquei Preso no tempo E o vento Que leva a mocidade Traz só maldade Os cheiros de outro momento Não consola saber Que tudo um dia se desfaz Hoje sou eu, amanhã será você Tudo passa do grão ao pó Só queria que não fosse assim tão fugaz Só queria que possível fosse ter mais… Tempo. E eu nele liberto…   Canta Selito SD
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *